quinta-feira, 30 de abril de 2009

Ser grande!


Seja grande, mas ser grande não implica passar por cima de almas, daninhas que sejam. Há de se trazer a grandeza no olhar, padecer de tanto viver, de tantas vidas, (Sonhar sonhos possíveis!). E quando deitar à relva, com desânimo, lembre-se que ser grande não é ser céu, Chronos, Zeus, ou Afrodite, ser grande é caber no que existe, enquanto existir, resistindo sempre, redesenhando, refazendo, reconstruindo...

Essa foto é do artista plástico Ron Muek...

2 comentários:

  1. É...estou adorando as reflexões que vc posta aqui no seu blog...

    Continue assim...

    T amo...

    Bjux!

    ResponderExcluir